close
Please assign a menu to the primary menu location under menu

Gastronomia

DicasGastronomiaGourmet

MSA GOURMET: MARAKUTHAI KUMBUKHA, PARA OS AMANTES DE NOVAS EXPERIÊNCIAS.

marakuthai kumbukha – restaurante – sp -blogmsa -renata marques – comunicateca capa

Semana passada fui conhecer o Marakuthai Kumbukha, a nova casa da chef Renata Vezetto em parceria com sua prima e companheira no buffet Marakuthai, a chef Aline Frey. Muitas coisas no restaurante me chamaram a atenção, a começar pelo sobrenome Kumbukha que se dá pelo fato da maioria dos pratos serem servidos em bowls (uma espécie de cumbuca).

O ambiente pequeno e muito bem decorado com móveis que referenciam a cultura Tailandesa, é charmoso e aconchegante. A composição visual harmônica fica por conta do mix de cores fortes que dão vida e alegria ao local. Eu fiquei encantada com a composição das mesas e com as louças.

O cardápio apresenta opções bem temperadas com limão, cebolinha, gengibre e pimenta, em alguns casos com toque agridoce que  chama a atenção. O sabor inconfundível e a apresentação impecável são elementos que não faltam nos pratos do Marakuthai. Eu que sou fã de molho agridoce picante, fiquei encantada com o restaurante, me senti no paraíso (rs).

São mais de 15 opções servidas na cumbuca, os acompanhamentos mais pedidos são arroz de jasmim e a farofa de banana, para quem não quiser se arriscar nas opções com toque de tempero asiático, o cardápio conta com boas opções, destaque para o menu Brasilidades que serve combinados deliciosos com sabores bem brasileiros, um grande acerto na minha opinião.A grande novidade do restaurante é o balcão de Noodles, onde o cliente pode optar pelas sugestões da casa: Salada de lótus, Bankok ou Samui. Caso não queira nenhuma das 3 o cliente pode escolher uma proteína, acrescentar os legumes e fazer o Noodles do seu jeito.

Ficamos com a sugestão do garçom, a Bankok- Salada de bifum de arroz composta por camarão, manga, hortelã, pepino, cebola roxa, coentro, amendoim, óleo de gergelim, limão, molho de tamarindo, gengibre e pimenta. E posso dizer que a sugestão foi ótima, eu achei o sabor maravilhoso, nunca imaginei que a composição pudesse ser tão harmônica e refrescante, vale a pedida.

Além de tudo que já citei, a simpatia e educação dos funcionários fazem toda a diferença, adorei conhecer o restaurante e super indico a casa.

Marakuthai Kumbuka

Menu: Contemporâneo, com referência nas culinárias Tailandesa, Peruana e Brasileira

Endereço: Alamenda Lorena,1295- Jardim Paulista SP

Telefone: (11) 3061.1015
Redes: @marakuthaikumbukka
veja mais
BelezaDicasGastronomiaSem categoria

LÍQUIDO DURANTE AS REFEIÇÕES, SIM OU NÃO?

capa suco certo

“Naqueles dias que estamos mais sensíveis parece que os erros alimentares nos perseguem… ou será que sou eu que fico procurando? Melhor deixar a filosofia de lado, porque neste caso a ordem dos fatores não altera o resultado… mas afinal que erro é esse que a maioria de nós cometemos inocentemente?

É comum observarmos as pessoas, ou até mesmo nós, consumindo algum líquido durante as grandes refeições (almoço e jantar). Este hábito não é saudável porque atrapalha a digestão dos alimentos e o processo de saciedade (percepção de estar satisfeito ao não com o alimentos ingerido). E se estes líquidos forem do tipo refri, principalmente o de cola, e refrescos artificiais com açúcar, o prejuízo é ainda maior. Estes fornecem um adicional calórico “vazio” (sem nutrientes, somente açúcar) que podem contribuir para o ganho de peso e ainda outros ingredientes em sua composição que podem inibir a absorção dos verdadeiros nutrientes contidos nos alimentos destas refeições. Além disso, o gás de algumas bebidas (inclusive água com gás) prejudica ainda mais a digestão. Portanto, evite consumir líquidos durante as grandes refeições e prefira ingerí-los cerca de 40-60 minutos antes e/ou após. Caso tenha dificuldades para deixar este mau hábito, tente reduzir a quantidade (máximo 150 mL) e faça a opção por sucos naturais de frutas sem açúcar (pode colocar adoçante – pouca quantidade) ou beba água.

Uma dica: Se você almoça fora todos os dias e se no restaurante só vende aquele copo grande (300 mL) de suco natural, peça dois copos e divida com aquele(a) amigo(a) que também “tinha” o hábito de tomar aquele “copão” de suco. E ainda, lembre-se de pedir suco natural sem açúcar, porque em muitos lugares os sucos já vem adoçados, então manifeste o seu desejo de não comer açúcar. (“vê lá se nós vamos gastar a nossa cota de açúcar tomando um suco, se a gente pode guardar essa cota para comer um pedacinho de chocolate depois do almoço?!!”).”

Texto: Juliana Morais

Nutricionista-Renutra Consultoria em nutrição e qualidade de vida

julianamoraisufmg@hotmail.com.br

veja mais
DicasGastronomiaSem categoria

Receita prática: Shake para descongestionar o intestino.

capa

A receita prática de hoje é para você que, assim como eu, sofre com o intestino preguiçoso. Estou passando por uma fase de reeducação alimentar e a saúde é a prioridade, o mais legal é que estou aprendendo a fazer várias receitas práticas que ajudam no  funcionamento do organismo, dentre essas receitas aprendi a fazer um shake descongestionante de intestino e há 10 dias estou tomando e já vejo ótimos resultados.

shake shake

INGREDIENTES:
250 ml de leite de soja light
1 colher de flocos de aveia
1 fatia média de mamão
3 ameixas secas
1/2 maçã com casca.

PREPARO:
Bata tudo no liquidificador e beba pela manhã.

Eu tomo um dia sim , dia não. A nutricionista disse que duas vezes na semana é o suficiente para dar uma acelerada no intestino. Uma outra vantagem é que o shake tem pouquíssimas calorias.

Não se esqueça que para uma dieta balanceada você sempre deve consultar um nutricionista.

By Renata Marques

veja mais
BelezaGastronomiaLife StyleSem categoria

Água de gengibre: auxilia no emagrecimento e trás benefícios ao sistema imunológico.

capa correta

Desde que comecei a adotar hábitos alimentares mais saudáveis e substituir produtos industrializados por naturais, venho medindo o que realmente faz a diferença e me auxilia nesse processo.

A minha primeira intenção, não é perder peso e sim melhorar a saúde, já que tenho o sistema imunológico debilitado e meu último exame de sangue apontou índices altos para colesterol, diabetes e deficiência de vitaminas essenciais.

Um dos hábitos que adotei, por recomendação do nutricionista  foi tomar água com gengibre, já que eu me recusava a tomar um diurético industrializado e estava com muita retenção de líquido. Hoje há exatos 35 dias tomando a mistura me surpreendi com os resultados mostrados na avaliação com o nutricionista. Muitos índices melhoraram, claro que venho em um ritmo de troca de alimentação e prática de exercícios diferente de 35 dias atrás, porém me chamou a atenção a melhora no índice retenção de liquido. Eu aconselho o uso da água com gengibre, no começo foi difícil me acostumar com o gosto, mas logo me adaptei.

foto 1

*Conheça um pouco mais:

“A água de gengibre é ótima para o corpo em vários aspectos. Entre outras coisas, ela é boa porque aumenta a diurese, além de ser um termogênico que aumenta temperatura corporal e ajuda na eliminação de gordura, sem contar a enorme eficácia na melhoria da imunidade”, comenta a nutricionista Alessandra Carneiro.

Essas melhorias todas estão ligadas aos benefícios do gengibre, que pode ser consumido de maneira simples com essa mistura fácil de fazer.

Como preparar e consumir:

Basta encher uma garrafa de água e adicionar o gengibre. A quantidade ideal é de 4 a 5 rodelas da raiz, para 1 litro de água, assim que consumir esse 1 litro troque o gengibre, adicione mais 1 litro de água e ingira.  O ideal é consumir 2 lts por dia ( ao longo do dia), mas eu comecei com 1 litro até me adaptar com o gosto.

*Contraindicações:

Grávidas e pessoas que sofrem com hipertireoidismo não devem consumir. A nutricionista alerta ainda para a necessidade de manter uma rotina saudável e ativa para conquistar os benefícios desse termogênico, independente de qual das formas para consumir gengibre a pessoa escolher. “O gengibre não deve ser tratado como um fator isolado para emagrecer, ele é coadjuvante, auxilia por aumentar a liberação de toxinas”.

*Itens retirados do site Bolsa de Mulher. 

Por: Renata Marques

 

veja mais